Arquivos

Vivendo e aprendendo a jogar

A primeira derrota de Tite para a Argentina (1 x 0) no amistoso de Melbourne hoje foi muito bom, muito bom mesmo.

Vivendo e aprendendo a jogar

Sampaoli, como Tite, já começou a transformar a seleção argentina numa equipe coletiva, com escolhas adequadas, em alta ofensividade.

Vivendo e aprendendo a jogar

Seis reservas de Tite, nas laterais, na zaga e um no meio e outro no ataque, seu maior destaque.

Nem sempre ganhando

Brasil merecia ao menos o empate no segundo tempo.

Nem sempre perdendo

Perdeu para crescer

Mas, aprendendo a jogar

E para livrar-se de “oba-oba” “seteaúnico”.

 

Vivendo e aprendendo a jogar

3-4-3 de Sampaoli, escola Cruyff, Bielsa, Bianchi, Guardiola.

Vivendo e aprendendo a jogar

Mesmo os reservas foram muito bem contra força máxima portenha.

Nem sempre ganhando

Fagner marcando Di Maria foi o mediano de sempre.

Nem sempre perdendo

Gabriel Jesus e Philippe Coutinho perderam gols que não perdem. E o rebote de William na trave?

Mas, aprendendo a jogar

Tite precisava usar seu banco de suplências.

 

Água mole em pedra dura

O resultado não era o mais importante.

Mas vale que dois voando

Era preciso arriscar nas mudanças porque já estamos classificados.

Se eu nascesse assim … pra lua

Perder não é bom, nunca.

Não estaria trabalhando

Porém, necessário desprender-se dos resultados no tempo oportuno.

 

Vivendo e aprendendo a jogar

Thiago Silva renascendo e Gil aliviando o nervosismo: seguros!

Vivendo e aprendendo a jogar

William e Coutinho trocando de posições. Gabriel Jesus retornando.

Nem sempre ganhando

Argentina com mais posse de bola e assertividade.

Nem sempre perdendo

Com o melhor ataque de seleções do mundo. Di Maria pela esquerda e o jovem Dybala em várias posições ofensivas de flutuação, como Messi, finalmente na sua posição correta pela primeira vez em seu país.

Mas, aprendendo a jogar

Três zagueiros argentinos, sendo um lateral Mercado. Cobertura na direita por Gómez e com Banega pelo outro lado.

 

Vivendo e aprendendo a jogar

Biglia em apoio a Maidana (falta feia no pé operado de Gabriel Jesus) e Otamendi.

Vivendo e aprendendo a jogar

Higuain dá lugar ao habilidoso Correia.

Nem sempre ganhando

Sampaoli sabe usar bem o potencial do elenco.

Nem sempre perdendo

Tite também, tanto que voltou no intervalo bem melhor e poderia ter no mínimo empatado.

Mas, aprendendo a jogar

Muitas chances brasileiras e traves. Uma trave Argentina no início e outra no primeiro tempo que deu rebote para Mercado livre marcar. Falha do sistema defensivo brasileiro totalmente alterado.

 

Mas em casa de ferreiro

Jogo pelo UOL TV e da CBF: transmissão que caía o sinal.

Quem com ferro se fere é bobo

Edson Arantes e Denilson nos show de horrores de comentários. Pelé não era aquele senhor sentado no estúdio, me recuso a crer!

Cria fama, deita na cama

CBF

Quero ver o berreiro na hora do lobo

Torcedores “seteaúnicos” já desdenham da seleção que estavam amando. O mais importante é a vitória. Por isso estamos vivendo tempos difíceis neste país.

 

Vivendo e aprendendo a jogar

Tite precisa sair do foco da sufocante e carente torcida e imprensa de mal trabalho.

Vivendo e aprendendo a jogar

Reservas ganharam “casca” hoje, o mais significativo e simbólico.

Nem sempre ganhando

Tirar a pressão de Tite.

Nem sempre perdendo

Para que continue seu ótimo trabalho.

Mas, aprendendo a jogar

Ele queria ganhar e ficou mal em perder, mas isto terá um ganho significativo lá na frente… 2018!

 

Vivendo e aprendendo a jogar

Nas derrotas vêm as maiores lições!

Vivendo e aprendendo a jogar

Nas vitórias vêm as maiores acomodações e certezas, verdades absolutas!

Nem sempre ganhando

Se propor a ousar, sempre!

Nem sempre perdendo

Não jogar feio e desatualizado.

Mas, aprendendo a jogar

Porque Tite sabe cobrar e extrair o melhor de cada situação.

 

Quem tem amigo cachorro

Rafinha no lugar de Fagner e Diego Alves no gol.

Quer sarna para se coçar

Manter jogadores de confiança, apesar de bem poucos.

Em boca fechada não entra besouro

Trabalhar em silêncio, revendo rotas, fazendo mudanças.

Macaco que muito pular quer dançar

Não dar bola para quem ainda não aprendeu com aquele 8/7/2014 em BH! Gols da Alemanha em vários gramados da vida cotidiana brasileira.

 

TwitterFacebookEmailPocketGoogle+Compartilhar

Os comentários estão encerrados.