Arquivos

Consolidar é preciso

A convocação de Tite para os bons amistosos de novembro ante Japão (10/11, Lille-FRA, logística) e Inglaterra (14/11, histórico Wembley, mesmo reformado) teve 25 jogadores chamados, principalmente dois atacantes a mais, de acordo com a dificuldade de escolher suplentes, não consolidados como Neymar, Philippe Coutinho, Gabriel Jesus e William.

Firmino vem bem no Liverpool e sai na frente para a reserva de Gabriel Jesus. Diego Souza volta a concorrer à esta vaga.

Taison retorna após teste improdutivo com o veterano Tardelli e Douglas Costa volta para disputar com Taison por uma vaga, dentre as opções.

O quarteto Casemiro, Renato Augusto, Paulinho e Fernandinho se consolidam.

Giuliano, agora na Turquia, e de confiança de Tite, vai tentar garantir sua posição, aos poucos, na convocação final de maio. Neste caso, Arthur, do Grêmio – convocado apenas uma vez – foi apenas poupado por conta dos compromissos do Grêmio na Libertadores? Ser versátil é condição intrínseca para ambos os atletas em competição.

O mesmo se aplica na disputa entre o experiente Diego – ótima jornada pelo Flamengo nesta semana – e Luan do Grêmio, bem mais versátil.

Os quatro representantes zagueiros estão se mantendo firmes e de forma justa: Marquinhos, Miranda, Thiago Silva e Jemerson. Não há chances para Geromel e Gil (antes com ótima frequência) e Rodrigo Caio, salvo contusões.

Nas laterais, por mérito, Alex Sandro soube aproveitar a oportunidade da contusão de Filipe Luís e de Marcelo para ganhar competividade em relação ao lateral-esquerdo do Atlético de Madrid.

Danilo, polivalente, conseguiu tirar Fagner da cabeça de Tite, mesmo ainda não atuando nos dois últimos jogos.

Marcelo e Daniel Alves mais que consolidados, assim como os goleiros Alisson e Ederson. Cássio está quase lá, mesmo diante do clamor nacional por Vanderlei como terceiro goleiro, ao menos.

Convocação vai ganhando consistência com a proximidade do Mundial, com a fase de testes praticamente concluída.

Restam as dúvidas dos dois atletas do Grêmio poupados da convocatória e as finalizações de opções variadas de ataque.

A próxima convocação será para jogos contra Rússia em março (23, Moscou) e Alemanha (27, lendária Berlim).

E segue o planejamento, acompanhamento e as águas (de maio!) que ainda passarão pela ponte que liga Granja Comary a Sochi.

 

TwitterFacebookEmailPocketGoogle+Compartilhar

Os comentários estão encerrados.