Arquivos

eliminatórias

Eliminatórias Europa: perspectivas

As eliminatórias europeias envolvem a principais equipes que disputarão a Copa do Brasil em 2014. São 53 países lutando por 13 vagas.

As seleções europeias estão divididas em nove grupos, sendo oito grupos com seis seleções e um grupo com cinco equipes. Os primeiros colocados de cada grupo se classificam automaticamente e os oito melhores segundos colocados disputam a repescagem. Os jogos acontecerão entre o dia 7 de setembro de 2012 e 15 de outubro de 2013, e a repescagem será em novembro de 2013.

Neste episódio do programa 3 na Copa Darcio Ricca e Ricardo Senise analisam cada um destes 53 times europeus. Isso mesmo: falamos até de Chipre e San Marino!

Onde mais você encontraria estas informações? Ouça e descubra, por exemplo, que a França corre um sério risco de não vir ao Brasil. E a Inglaterra pode não ficar em primeiro em seu grupo. Não perca!

Reproduzir
TwitterFacebookEmailPocketGoogle+Compartilhar

Copa 2010 x Euro 2012

Seria possível traçar um paralelo entre o desempenho das seleções do Velho Continente na Copa de 2010 e na Euro 2012? O que esta análise pode indicar sobre o provável desempenho das equipes nas Eliminatórias europeias para a Copa do Brasil em 2014?

O cenário é este: Eslováquia, Eslovênia, Sérvia e Suíça foram à Copa de 2010 mas não se classificaram para a fase final da Euro 2012. Já as seleções da Croácia, Rússia, República Checa, Irlanda e Suécia não foram à África do Sul mas estiveram na fase final da Euro.

Polônia e Ucrânia teriam se classificado para a Euro se não fossem os países-sede, com presença garantida?

E o que é possível perceber sobre Alemanha, Dinamarca, Espanha, França, Grécia, Holanda, Inglaterra, Itália e Portugal, que participaram das duas competições? Quem melhorou? Quem deve se preocupar com o futuro próximo?

Dárcio Ricca e Ricardo Senise toparam este desafio e fizeram mais um programa 3 na Copa, com a tradicional profundidade nas análises e o bom humor de sempre. Confira!

Reproduzir

Classificação Final

Confira nesta edição do 3 na Copa os comentários sobre os últimos países classificados para o Mundial de 2010 nas famosas repescagens. Tivemos de tudo um pouco: zebras como Eslovênia, Grécia e Nova Zelândia, surpresas como Argélia, Nigéria e Portugal, obviedades como Camarões e polêmicas, como as classificações de França e Uruguai.

No caso da França, Thierry Henry agiu como um verdadeiro armador de basquete, cruzando a bola com a mão na grande área para que Diarra fizesse o gol de empate na prorrogação em pleno Stade de France lotado (os juízes de fora estão lembrando os daqui). Henry admitiu sua fraude na partida e poderá ser punido por isso, mas a França acabou se classificando no sufoco, contra uma Irlanda que quase ganhou a vaga no finalzinho do segundo tempo da prorrogação.

Já o Uruguai fez um gol de oportunismo com Abreu, mas levou um gol de empate da Costa Rica, em pleno Estádio Centenário. A equipe do competente René Simões saiu de cabeça erguida, pois teve um pênalti não marcado em seu atacante no final do jogo porque o juiz, para variar, não quis se comprometer.

Resultado: todos os campeões do mundo estarão presentes na Copa e quem parecia eliminado, conseguiu a vaga. E é interessante lembrar que quando o 3 na Copa estreou Portugal e França estavam fora do mundial.

O sorteio dos grupos será no dia 4 de dezembro. Os times cabeças de chave são África do Sul, Brasil, Alemanha, Inglaterra, Espanha, Itália, Argentina, França.

As demais equipes são agrupadas por continentes, para garantir que os países se misturem. Por exemplo, Brasil e Argentina não enfrentarão Chile, Paraguai e Uruguai primeira fase da competição. Dárcio Ricca explica isso detalhadamente e conta quais seriam os melhores e os piores adversários para a seleção brasileira.

Encerrando o programa, o quadro Minha Copa destaca a primeira vez que Anna Maria Gomes, mãe do Ricardo Senise, ouviu falar em Pelé, na final de 1958. Não perca!

Reproduzir
Página 1 de 3123